Início NOTÍCIAS VIOLÊNCIA : Primeiro ministro do Reino Unido sugere punições violentas a ativistas...

VIOLÊNCIA : Primeiro ministro do Reino Unido sugere punições violentas a ativistas anti-caça

74
0

Por Rafaela Damasceno

O primeiro ministro do Reino Unido, Boris Johnson, que declarou em seu primeiro discurso que queria promover o bem-estar animal, sugeriu que as regras aplicadas ao contra-extremismo poderiam ser aplicadas contra o “Hunt Sabbing” – a prática de sabotar uma caçada baseando-se no fato de que animais não devem ser caçados por seres humanos. No passado, ele sempre votou contra a proibição da caça à raposa, um esporte sangrento que consiste em perseguir a espécie com cavalos e cachorros treinados para caçar.

Foto: Andrew Parsons/ i-Images

Em sua campanha de liderança conservadora, Johnson foi questionado por uma pessoa a favor dos esportes violentos – incluindo a caça. “Você se comprometerá a combater os extremistas dos direitos animais, incluindo quaisquer recomendações da Comissão do Governo para combater o extremismo?”, perguntou.

“Embora eu esteja comprometido com o bem-estar animal, não tolerarei extremismo, intimidação e abuso, independentemente dos motivos”, respondeu Johnson.

Em entrevista ao Plant Based News, um ativista disse que o “Hunt Sabbing” é sobre ação direta não violenta usada para salvar vidas. “Comparar isso ao extremismo é chocante, mas é o tipo de retórica que já estamos acostumados vindo da Aliança do Campo”, afirmou.

Ele ainda citou o fato de Johnson querer promover o bem-estar animal, mas também dizer que aqueles que interferem na caça são violentos e merecem punições fortes, o que demonstra uma controvérsia.

“Se ele quer falar sobre violência, deveria assistir os cachorros de caça destroçando uma raposa. Isso é violência”, concluiu

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui