Início DESTAQUES Dinamarca compra os últimos quatro elefantes de circo para os mandar para...

Dinamarca compra os últimos quatro elefantes de circo para os mandar para a ‘aposentadoria’

297
0

Clicar sobre a imagem para editar ou atualizar.

Remover imagem destacada

O Governo da Dinamarca vai comprar os últimos quatro elefantes de circo que existem no país: o objectivo é enviá-los para a “reforma” num jardim zoológico, diz a AFP.

O país tem regras restritivas sobre o uso de animais em práticas circenses. Até agora os únicos animais que podiam participar nestes espectáculos eram elefantes, leões-marinhos e zebras, mas o objectivo é acabar com a presença de animais nos circos da Dinamarca.

Os quatro elefantes, com os nomes Ramboline, Lara, Djunga e Jenny, vão custar ao Estado dinamarquês um milhão e 400 mil euros. Depois da compra vão ser entregues a um jardim zoológico, mas ainda não se sabe qual.

Mais de 40 países do mundo têm regras restritivas ou baniram mesmo os animais em circos e zoos. Em Portugal estamos num período transitório de seis anos em que os animais selvagens vão ter de deixar de pertencer a circos.

Fonte e foto Público / mantida a grafia lusitana original

Nota do Olhar Animal: Encaminhar os elefantes de um circo para um zoológico não é “aposentá-lo”. Deixá-los expostos à visitação pública significa apenas mudar a forma de exploração, pois o ambiente de um zoo não é adequado para animais que, por exemplo, caminham cerca de 50 km por dia na natureza. Tão pouco submetê-los aos estresses da convivência forçada com o público é algo positivo. Pelo contrário, podem causar zoocoses, que são distúrbios comportamentais, como movimentos repetitivos e sem função aparente.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui