Início DESTAQUES Passeata pelo fim dos maus-tratos leva dezenas de manifestantes às ruas de...

Passeata pelo fim dos maus-tratos leva dezenas de manifestantes às ruas de São Leopoldo, RS

57
0

Uma manifestação organizada por protetores engajados na defesa dos animais e integrantes de Organizações Não-Governamentais (ONGs) percorreu a Rua Independência, no Centro de São Leopoldo, no fim da tarde de terça-feira (11). Os manifestantes reivindicam o cumprimento da Lei Municipal 8.609 de 2017, que determina o fim do uso de Veículos de Tração Animal (VTAs) em São Leopoldo.

A caminhada teve início em frente ao colégio Visconde de São Leopoldo e seguiu até a frente da Câmara de Vereadores. Cerca de 50 manifestantes carregando com cartazes e vestindo camisetas dos grupos a que pertencem percorreram a Independência distribuindo panfletos de protesto contra os maus-tratos para os pedestres.

A mobilização foi desencadeada devido à comoção pela morte da égua Tina, que agonizou durante 24 horas em uma rua do bairro Vicentina, em São Leopoldo, no início de fevereiro. O caso reacendeu a discussão sobre o uso de carroças e charretes puxadas por animais. A manifestação foi motivada pela recorrência dos casos de maus-tratos.

Voluntária do PAAR (Projeto Amigo dos Animais de Rua), a massoterapeuta leopoldense Queli Souza de Matos, 35 anos, participou da organização do evento. Uma das responsáveis pela mobilização para socorrer a égua Tina, ela conta que outros casos chegaram ao conhecimento da ONG. “Em uma semana recebemos, pelo menos, três pedidos de ajuda para cavalos que sofreram maus-tratos. Ontem mesmo encaminhamos um animal ferido para receber tratamento em Nova Santa Rita.” Também participaram da manifestação, integrantes dos grupos Protetores em Ação; Coração Vira-Lata; Projeto Vida; Amobichos; Projeto UP Animal; e Projeto Desvira-Latas.

Por Jean Peixoto

Fonte e foto: Jornal NH

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui