Início NOTÍCIAS Homem abandona cão, se arrepende e volta para resgatá-lo 2h depois em...

Homem abandona cão, se arrepende e volta para resgatá-lo 2h depois em SP

9
0

Um cachorro foi flagrado correndo atrás do carro do tutor que o abandonou em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Ao G1, a proprietária das câmeras de monitoramento que fizeram o registro conta que, cerca de duas horas depois, o mesmo veículo retornou ao local para recolher o cachorro. As imagens foram obtidas pelo G1 na tarde desta terça-feira (24).

Segundo a funcionária pública Priscila Correa, de 41 anos, o caso aconteceu na última segunda-feira (23), na Rua Adelicio de Souza Ludovico, no bairro Sítio do Campo. Nas imagens, é possível ver o cachorro correndo atrás do veículo e, momentos depois, sendo recolhido pelo tutor.

Priscila explica que o marido lavava os fundos da casa onde vivem, por volta das 10h30 de segunda-feira, quando se deparou com o motorista trafegando até o final da via e, em seguida, retirando o cachorro do carro, deixando o animal na rua da servidora. “O cachorro era bem cuidado, tinha até coleira, mas estava visivelmente perdido, desesperado”.

“Meu marido pegou as filmagens e a gente viu o cachorro correndo atrás do carro. É lamentável, não sabemos o porquê do dono ter feito isso, mas é comum as pessoas abandonarem seus animais aqui, principalmente filhotes, por ser uma rua tranquila”, relata.

Ainda de acordo com a servidora, ela e o marido disponibilizaram água para o cão, que permaneceu em frente à casa do casal. No entanto, cerca de duas horas depois, já por volta de 12h30, o mesmo veículo retornou à rua e recolheu o cachorro.

“Decidimos deixar ele em frente de casa para ver se alguém resgatava, caso contrário, iria registrar um boletim de ocorrência. Mas o mesmo carro apareceu e recolheu o cachorro duas horas depois. Não sabemos se o tutor se arrependeu, se fez o que fez por medo ou pura maldade, mas agora estamos preocupados que esse cãozinho possa sofrer alguma maldade”, finaliza.

O G1 tentou contato com o tutor do cachorro, no entanto, não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Fonte: G1/// foto: arquivo pessoal

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui