Início NOTÍCIAS Cirurgias de castração em unidades municipais do Rio estão suspensas até abril

Cirurgias de castração em unidades municipais do Rio estão suspensas até abril

9
0

Cirurgias de castração em animais estão suspensas em unidades de saúde veterinária no Rio para evitar aglomerações. A suspensão, que vai até 13 de abril, se entende a todas as cirurgias eletivas.

A determinação é uma das medidas de enfrentamento contra o novo coronavírus. A medida foi anunciada na sexta-feira (20) pela Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses. (Confira outras mudanças no fim da reportagem)

Segundo dados divulgados pela secretaria, cerca de 2.500 castrações são feitas por mês e mais de 500 pessoas são atendidas diariamente no Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman, em São Cristóvão, na Zona Norte, e no Centro de Controle de Zoonoses Paulo Dacorso Filho, em Santa Cruz, na Zona Oeste.

Alguns serviços para os animais têm funcionamento normal. O tratamento de esporotricose, que é a zoonose transmitida ao homem por animais, permanece nas duas unidades. Na clínica médica foi adotado um sistema de triagem, com prioridade para cirurgias de risco de morte.

Restrição

A Vigilância Sanitária proibiu a entrada de menores de 12 anos nas unidades veterinárias e reduziu a oferta de serviços para um animal por pessoa.

Os portões das unidades ficam fechados e só abrem após a liberação de acesso. São distribuídas por dia 20 senha.

Remoção

O serviço de remoção de animais de grande e médio porte nas ruas seguem normais, assim como o de carcaça de morcegos, micos e macacos. O atendimento na central 1746 também está normal.

Outras mudanças

Castração

  • Número de senhas para o agendamento de castrações e remarcações foi reduzido de 90 para 20 por dia;
  • Marcações de datas podem ser realizadas a partir de 20 de maio.

Clínica médica

  • Atendimento apenas de emergências e por triagem.

Clínica de esporotricose

  • Tratamento normal, com itraconazol em estoque para os próximos 90 dias.

Cirurgias agendadas

  • Remarcações das cirurgias podem ser realizadas a partir de 20 de maio.

Atendimento 1746

  • Atendimento a animais agressores e investigações caninas para leishmaniose são avaliados.

Fonte e foto G1

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui