Início NOTÍCIAS Sítio que abriga cerca de 300 animais é incendiado em Viamão (RS)

Sítio que abriga cerca de 300 animais é incendiado em Viamão (RS)

13
0

Caroline Siqueira | Redação ANDA

Foto: Alina Souza | Correio do Povo

Maria Eneida, de 57 anos, separa uma grande parcela de seu dia para cuidar dos animais. Ela resgata cães e gatos abandonados há mais 16 anos e hoje abriga cerca de 300 animais em seu sítio na região de Águas Claras, no município gaúcho de Viamão.

Todos os dias os animais recebem alimento, carinho e tratamento. Eneida relata que sua paixão em ajudar animais vem desde 1999, quando adotou seu primeiro gato.

No início, ainda morando em Gravataí, a mulher somente tinha gatos, mas isso mudou quando adotou sua cadelinha Drika. Foi esse o estopim para ela perceber que sua vocação era ser protetora dos animais.

Em 2005, ela, seus familiares e os animais se mudaram para o sítio em Viamão e começaram uma batalha diária. Eles recebem os pequenos indefesos, os alimentam, tratam e os colocam para adoção.

O custo mensal para manter os cães e gatos é de 10.000 reais. Maria Eneida disse para o Correio do Povo que os animais consomem em média 150kg de ração diariamente. Além disso, existem os custos dos tratamentos veterinários.

Eneida conta que consegue manter o sítio em funcionamento graças às doações que recebe. Ela e sua família também geram uma renda com recicláveis, eles reciclam materiais doados pela população e vendem como matéria prima para indústrias.

Maria Eneida disse ainda ao Correio do Povo que a situação financeira do local piorou depois do incêndio ocorrido no último dia 23 de março. Felizmente, nenhum animal se feriu e eles acreditam que o fogo se iniciou acidentalmente. Agora, Eneida busca recursos para sanar os danos causados pelo acidente.

Ela pede por auxílio na compra de materiais de construção, para reformar a cozinha afetada pelo fogo, e de ração, que boa parte do estoque foi queimado.

Para quem se interessar em ajudar, Eneida pede que entre em contato com seu filho, Rafael Maciel, de número (51) 99749-4550.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui