Início NOTÍCIAS Cadela idosa abandonada covardemente dias antes do Natal é adotada

Cadela idosa abandonada covardemente dias antes do Natal é adotada

278
0

Bruna Araújo | Redação ANDA

Uma cadelinha idosa foi covardemente deixada à própria sorte nas ruas de Birmingham, na Inglaterra, faltando poucos dias para o Natal de 2020. Ela foi encontrada por policias que faziam uma ronda e foi encaminhada para um dos abrigos da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals. A cachorra foi carinhosamente chamada de Molly-Moo e apresentava sinais de maus-tratos.

Um porta-voz da organização lamentou o estado da cadelinha. “Molly estava vagando por uma estrada movimentada e perigosa e acredito que ela foi jogada lá por alguém como lixo. Ela não sobreviveria sozinha. Ela estava incrivelmente emaciada, com ossos salientes e tinha um problema de pele grave não tratado”, disse em entrevista ao Daily Mail.

A cadela tinha um microchip e foi possível reencontrar os antigos tutores, que afirmaram que a cadela havia sido sequestrado há seis anos e que, agora, não tinham interesse em tê-la de volta. O caso não foi investigado a fundo e a RSPCA ponderou que o melhor a fazer naquele momento era priorizar a saúde de Molly, que estava muito abaixo do peso.

Ela passou por seis meses de reabilitação intensa. Recebeu uma dieta especial e um tratamento para a pele. Após o período de recuperação, a RSPCA acreditava que Molly passaria seus últimos anos de vida no abrigo e decidiu compartilhar a história da cachorrinha nas redes sociais. Surpreendentemente, uma pessoa ficou muito interessada em adotar a cadela.

O soldado John Bebbington e sua esposa, Joanne, perderam o seu cãozinho que tinha 13 anos. Eles estavam tão devastados com a perda que não pensavam em adotar outro animal, mas quando viram o anúncio de Molly sentiram ao mesmo tempo que deveriam adotá-la. Eles foram rapidamente até o abrigo e iniciaram o processo de adoção.

O começo não foi nada fácil, a cadelinha estava muito traumatizada e sentia ansiosa. Ela chorava o tempo todo e estava sempre com medo. Molly simplesmente não conseguia confiar na nova família. Ela precisava de tempo e paciência. Por sorte, Bebbington e Joanne tinham de sobra. Com muito amor e carinho ela se acalmou.

Mesmo sendo uma cadelinha idosa, ela adora correr e pular na grama. Ela adora passear e conhecer outros cães. Molly está aproveitando todas as oportunidades de desfrutar o máximo essa nova oportunidade. “Definitivamente encontrei uma melhor amiga para o resto da vida e ela também”, finalizou Bebbington.

Foto: Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals

Fonte: anda.jor.br

Programa Mundo Animal na rádio Mares do Sul 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www.mundoanimalmaceio.com.br)

” Quem não ama os animais jamais vai amar o semelhante”.

Colaboradores do programa mundo animal ano XXI:

Vereador por Marechal Deodoro André Bocão

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

@defesaanimalemacao

Comissão do Bem Estar Animal da OAB Alagoas- presidente dra Rosana Jambo

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui