Início DESTAQUES Veterinário adota cadela e 10 filhotes abandonados em rua de Fortaleza, CE

Veterinário adota cadela e 10 filhotes abandonados em rua de Fortaleza, CE

262
0

Foto: TV Verdes Mares/Reprodução

cadela e os dez filhotes flagrados por uma câmera de segurança sendo abandonados por um homem no Bairro Parangaba, em Fortaleza foram adotados por um veterinário aposentado. O abandono, que é considerado crime, ocorreu na segunda-feira (20), e os animais foram acolhidos no dia seguinte. 

Raimundo Euricio, de 73 anos, soube do caso, entrou em contato com a proprietária da loja onde os filhotes foram deixados e falou do interesse em resgatar os cães, que foram levados a um sítio em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza.

“Vi a situação do homem deixando a caixinha com os filhotes e a cadela nervosa. Liguei para ela [proprietária da loja], aproveitei que meu genro estava aqui e ele foi buscar. Meu sítio é grande, com muito verde e dois hectares para eles correrem”, disse Raimundo.

Pai de 20 filhos, o veterinário gosta de ter a companhia dos animais. Segundo ele, a cadela e os filhotes adotados têm agora a companhia de outros dez cães, que ele cria. “Eles já se alimentaram, preparei um local para eles, a mãe ainda está um pouco assustada, mas já está se adaptando”, afirma o veterinário.

Abandono filmado

O vídeo das câmeras de segurança mostra o motorista de uma Kombi estacionando; em seguida, o motorista desce do veículo e abre a porta traseira. Ele deixa a caixa com os filhotes e depois abre a porta do lado e solta a cachorra.

Uma funcionária da loja onde os animais foram abandonados disse que essa situação é comum. “Ficamos comovidos com essa situação dos filhotinhos abandonados. Isso é muito recorrente aqui na Parangaba. As pessoas têm animais e quando eles procriam, os abandonam. A vizinhança ajudou e conseguiu tirá-los das calçadas e deixaram em um lugar mais seguro.”

A Polícia Civil informou que a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente apura o caso do abandono de vários cachorros. O artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais considera crime “praticar ato de abuso, abandono, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

Em setembro de 2020 houve alteração na lei aumentando a punição para quem maltrata cães e gatos. A pena para quem for condenado pelo crime é de reclusão de dois a cinco anos, além de pagamento de multa e proibição da guarda do animal.

A Polícia Civil reforça a importância do registro do boletim de ocorrência, que pode ser feito presencialmente em qualquer unidade da Polícia Civil ou por meio da Delegacia Eletrônica (Deletron) em qualquer horário do dia ou da noite. A Delegacia Eletrônica atende todo o Estado do Ceará.

Fonte: G1

 

Programa Mundo Animal na rádio Mares do Sul 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www.mundoanimalmaceio.com.br)

 Quem não ama os animais jamais vai amar o semelhante”.

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXI :

Vereador por Marechal Deodoro  André Bocão  deseja um FELIZ NATAL para todos

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

@defesaanimalemacao

Comissão do Bem Estar Animal da OAB Alagoas- presidente dra Rosana Jambo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui