Início DESTAQUES Protetora que abriga cerca de mil animais em rancho comemora 13 anos...

Protetora que abriga cerca de mil animais em rancho comemora 13 anos de resgates

242
0

Vanessa Santos | Redação ANDA

O Rancho Bicho Feliz abriga quase mil cães que foram resgatados em situação de maus-tratos ou abandono na região de Martinópolis, no oeste do estado de São Paulo. A fundadora da ONG, Ana Paula Leocádia Puro realiza esse trabalho de acolhimento há mais de 13 anos.
A protetora conta que desde criança já queria ajudar os animais que via na rua e sempre quis oferecer para eles uma moradia digna. Ana Paula começou a realizar os resgates de animais em situação de vulnerabilidade em 2008.

A ativista passou vários anos abrigando os animais no quintal da sua casa, mas só 10 anos depois de começar a fazer os resgates, foi que a protetora conseguiu recursos para montar um abrigo. Em 2018, ela tinha 35 cães sob sua tutela.

No começo, foi alugada uma casa no bairro de Balneário Laranja Doce para abrigar os cães. Ana Paula reformou sozinha o imóvel que sediou o abrigo por cerca de um ano, quando o proprietário solicitou que ela desocupasse a casa.

Foi então que Ana decidiu alugar uma chácara em uma estrada que liga a cidade de Martinópolis à represa, fundando assim o Rancho Bicho Feliz.

O contrato de aluguel do racho, estipula que a protetora poderá permanecer no local por pelo menos 12 anos. Com a ajuda de voluntários foi construído um recinto de baias para alojar os animais doentes que precisam de atendimento especial.

Ana Paula e seu marido cuidam sozinhos de todos os animais e ainda realizam outras atividades para manter o sustento da casa e a estrutura da ONG. Alimentação, ração, e remédios para os animais, são comprados com a ajuda de doações e o apoio da população e voluntários.

Durante os 13 anos que a protetora trabalha resgatando animais em situação de abandono e maus-tratos, já foram contabilizados 973 resgates. Só em 2021, foram tirados das ruas 139 cães e gatos.

O ativismo em defesa dos direitos animais requer muita dedicação e disponibilidade. Para Ana, a vida mudou completamente depois que ele montou o abrigo. “Eu saía, eu viajava. Hoje eu não saio mais. O único lugar a que vou é na minha mãe e nos meus filhos”, disse a fundadora ao G1.

A protetora também declarou que ainda não tem uma pessoa em quem consiga confiar o suficiente para deixar os animais. Por conta disso, Ana Paula abriu mão de fazer viagens ou outras atividades que afaste ela dos animais, pois conhece cada cão desde o resgate e acompanha todo o desenvolvimento deles até o momento da adoção.

Chácara do horror

O resgate mais emblemático para Ana Paula aconteceu em 2019, quando um advogado animalista entrou em contato com ela para realizar um salvamento de 23 cães e gatos em uma propriedade próxima ao município de Álvares Machado (SP).

Ela batizou o local de ‘chácara do horror’. Os animais resgatados estavam em uma situação tão debilitante, que dois não sobreviveram após o acolhimento. A ativista castrou e vacinou todos os cães e gatos e aos poucos, conseguiu uma casa cheia de amor para todos eles.

Adotar transforma

A comerciante Josiane Lima adotou a cadela Maya há cerca de nove meses no abrigo Rancho Bicho Feliz. Ela e Ana Paula já se conheciam quando Josiane decidiu fazer a adoção responsável.

Ela queria um novo amigo, pois seu cachorro havia morrido há pouco tempo. Para a comerciante, o que muda em uma família quando ela decide adotar um cachorro é que o animal “nos preenche com alegria e nós aprendemos a amar mais esses seres tão especiais”.

Josiane explana que para ela, o trabalho feito por Ana Paula é crucial e extremamente importante para continuar oferecendo uma segunda chance para animais em situação de vulnerabilidade. “Só tenho gratidão por ela existir e fazer a diferença na vida desses cachorros, que por muitas vezes, chegam lá à beira da morte”, diz.

Para realizar uma adoção no Rancho Bicho Feliz, acesse  o Instagram ou Facebook da ONG.

Todos os animais disponíveis para adoção estão vacinados, vermífugados e castrados, aguardando um novo lar de quem possa lhes cuidar e dar amor.

Foto: Ana Paula Leocádia Puro

Fonte: anda.jor.br

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

@defesaanimalemacao ( 82 –  98778 0221 )

Comissão do Bem Estar Animal da OAB Alagoas– presidente dra Rosana Jambo

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui