Início DESTAQUES Cachorra é resgatada de residência em situação extrema de maus-tratos m Campo...

Cachorra é resgatada de residência em situação extrema de maus-tratos m Campo Mourão, PR

134
0

A Associação dos Protetores de Animais Independentes (PAIS) resgatou na manhã de segunda-feira, uma cachorra em situação extrema de maus-tratos, em Campo Mourão. O animal foi encontrado amarrado em um quintal, no final da rua Tarumã, sem água e sem ração.

Pelas condições encontradas, ela havia sido abandonada há vários dias. Segundo a presidente da entidade, Amanda Tonet, a denúncia é que o dono do animal a deixou amarrada para morrer, após a mesma ter matado alguns pintainhos.

“Com certeza ela já atacou esses pintainhos por estar com muita fome. O próprio dono disse que ela já não andava mais e por isso decidiu deixar amarrada na casinha para morrer. Chegou a dizer que não a sacrificou porque tinha pena, mas deixar o animal definhando daquele jeito ele não se importava”, lamentou Amanda, ao afirma que o animal estava com bicheira por todo o corpo. “Infelizmente ela está morrendo.”

A responsável pela PAIS disse que se sentiu ameaçada por um grupo de pessoas enquanto aguardava a chegada da Polícia Militar, que no momento atendia outra ocorrência.

Amanda conduziu a cachorra para uma clínica veterinária, antes mesmo da chegada dos policiais, mas ela não acredita que o animal vá sobreviver. “Ela está morrendo, infelizmente, com infecção generalizada”, descreveu.

Fonte e foto: Tasabendo Geral

 

Programa Mundo Animal ano XXII na rádio Mares do Sul FM 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www.mundoanimalmaceio.com.br)

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

@defesaanimalemacao ( 82 –  98778 0221 )

Comissão do Bem Estar Animal da OAB Alagoas– presidente dra Rosana Jambo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui