Início NOTÍCIAS Detran mantém fazenda com 1,5 mil animais recolhidos nas estradas estaduais do...

Detran mantém fazenda com 1,5 mil animais recolhidos nas estradas estaduais do Ceará

92
0

Foto: Detran-CE/Reprodução

O Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE) mantém 1.500 animais acolhidos na fazenda do órgão, localizada no município de Santa Quitéria, distante 257 Km de Fortaleza. As espécies, recolhidas em margens das estradas estaduais, que não são resgatadas pelos tutores, são encaminhadas para o local, examinadas e recebem o tratamento adequado para mantê-las saudáveis.

A estrutura da fazenda conta com uma área administrativa, três açudes, cochos, além de maquinário, como trator, retroescavadeira e forrageira, para moer a ração destinada aos animais. Além disso, o espaço conta com uma equipe necessária para que as espécies recebam o tratamento adequado em uma área de cerca de 500 hectares.

“O Detran-CE trabalha constantemente para que animais soltos nas rodovias estaduais não causem acidentes e não se machuquem. Por isso, é tão importante o recolhimento deles para a preservação de vidas e para evitar prejuízos aos condutores de veículos nas estradas de nossa jurisdição”, ressalta João Carlos Macedo, gerente do Núcleo de Supervisão das Unidades Regionais do órgão.

Doações às instituições

O Detran-CE explica que os animais apropriados para o consumo humano, que não são resgatados pelos respectivos donos, como bovinos e caprinos, são doados a instituições filantrópicas que assistem pessoas, hospitais públicos ou escolas públicas da Capital e do Interior, conforme a Lei Estadual n° 13.045/2000.

Os interessados devem encaminhar a solicitação por escrito à superintendência do órgão, além da documentação para cadastro e análise dos requisitos necessários para participar do projeto.

Caso o condutor ou pedestre localize animais soltos nas imediações das CEs, é possível denunciar, através do número (85) 3101-4782, das 8h às 17 h, ou pelo 190, em que a Polícia Militar do Ceará acionará o Detran-CE para o devido recolhimento.

Fonte: G1

Nota do Olhar Animal: Vergonhoso que a destinação dada aos animais seja o abate ao invés do encaminhamento para um santuário. Que as ONGs da região possam se opor a esta atitude, inclusive questionando os aspectos sanitários relacionados ao consumo de animais sem procedência conhecida se o argumento for necessário para protegê-los.

 

Programa Mundo Animal ano XXII na rádio Mares do Sul FM 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www.mundoanimalmaceio.com.br)

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

@defesaanimalemacao ( 82 –  98778 0221 )

Comissão do Bem Estar Animal da OAB Alagoas- presidente dra Rosana Jambo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui