Início DESTAQUES RESPEITO À VIDA : Milhares se voluntariam para adotar hamsters abandonados por...

RESPEITO À VIDA : Milhares se voluntariam para adotar hamsters abandonados por temor da Covid-19

82
0

Vivian Guilhem | Redação ANDA

Foto: Ilustração | Pixabay

Cerca de 3 mil pessoas se ofereceram  para adotar hamsters indesejados. Isto porque uma ordem de matança foi dada pelo governo de Hong Kong por temor da Covid-19 e levantou o alarme de que tutores em pânico estavam abandonando seus animais.

As autoridades ordenaram na terça-feira que cerca de 2 mil hamsters e outros pequenos animais à venda em lojas e instalações de armazenamento fossem mortos após rastrear o coronavírus em um trabalhador da loja de animais Little Boss, onde 11 hamsters testaram positivo.

Pela cidade, profissionais de saúde em trajes de proteção foram vistos saindo de pet shops carregando sacolas plásticas vermelhas em suas vans. Cerca de 150 clientes da loja foram colocados em quarentena.

Tendo seguido uma política de tolerância zero para a Covid-19, a secretária de Saúde Sophia Chan disse na terça-feira (18) que não pode descartar nenhuma possibilidade de transmissão, mas, cientistas de todo o mundo e autoridades sanitárias e veterinárias de Hong Kong disseram que não há evidências de que os animais desempenhem um papel importante no contágio humano com o coronavírus.

Mesmo assim, muitos tutores de hamsters e outras espécies entraram em pânico e estão abandonando seus animais.

A emissora de Televisão Pública disse que algumas pessoas foram vistas entregando os animais em uma instalação do governo em Novos Territórios. Enquanto grupos rapidamente se organizaram nas redes sociais para identificar novos tutores que não pretendem mais ficar com seus animais. Cerca de 3 mil pessoas se apresentaram dispostas a adotar ou dar lar temporário.

Três crianças foram pressionadas por suas famílias a se livrar de seus companheiros, disse Ocean, organizadora do grupo de adotantes na internet, que se recusou a dar seu sobrenome temendo reações iradas daqueles que apoiam a morte dos animais.

“Muitos tutores não estão familiarizados com os riscos exatos e desistem de seus hamsters”, disse ela.

Bowie, 27, um dos voluntários do grupo, agora é dono de dois novos hamsters.

“Isso é ridículo”, disse Bowie, que já possuía outros três hamsters. “A vida dos animais também é vida. Hoje podem ser hamsters ou coelhos, amanhã, gatos ou cachorros.”

A Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra Animais (SPCA) local, que administra clínicas veterinárias, disse à Reuters que “numerosos” donos de animais preocupados estão entrando em contato com eles para obter conselhos.

A SPCA listou maneiras de manter uma higiene pessoal rigorosa para a segurança de humanos e animais, incluindo nunca beijar, tossir ou cheirar perto dos animais e lavar as mãos após manuseá-los.

“Pedimos aos tutores que não entrem em pânico ou abandonem seus animais”, disse a SPCA em comunicado.

As autoridades criaram uma linha direta para consultas. Não ficou claro quantos hamsters foram entregues até agora.

Fonte: anda.jor.br

Programa Mundo Animal ano XXII na rádio Mares do Sul FM 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www.mundoanimalmaceio.com.br)

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Comissão de Bem Estar Animal da OAS (AL) presidente dra Adriana Alves

@defesaanimalemacao ( 82 98778 0221 )

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  #colacomagente #andrebocao #marechaldeodoro

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui