Início DESTAQUES ARTIGO ESPECIAL DO DR WANDERLEY : Teoria dos jogos

ARTIGO ESPECIAL DO DR WANDERLEY : Teoria dos jogos

92
0
  1. Lembro que o prêmio Nobel de economia de 2005 foi dado a dois economistas, Robert Aumann e Thomas Shelling, por um estudo que atende pelo nome de “Teoria dos Jogos”. Os desavisados ou aficionados do carteado, por exemplo, pensam logo que este ensaio teórico está relacionado a jogos de azar, mas adianto que não é nada parecido. Nos jogos de azar a soma é sempre zero, pois para que alguém vença, necessariamente alguém tem que perder.

O tema que nos remete à teoria é bem mais complexo e intrigante, e há muito tempo é objeto de estudos. Em 1950, um jovem matemático, com apenas 21 anos, destacou-se no Ph.D. com a tese intitulada “Jogos Cooperativos”. Oito anos depois, a esquizofrenia o retirou do convívio social por mais de duas décadas. John Forbes Nash Jr voltou a ser produtivo e, juntamente, com John Harsanyi e Reinhard Selten, recebeu emocionado o Prêmio Nobel de Economia em 1994. A história do matemático e a Teoria de Nash resultaram em um filme de grande sucesso vencedor do Oscar chamado “Mente Brilhante”.
Mas afinal o que é mesmo esta teoria?
É uma análise matemática de situações que envolvem interesses em conflito a fim de indicar as melhores opções de atuação para que seja atingido o objetivo desejado. Dou um exemplo simples que explica a vertente deste campo de estudo. Uma situação em que dois criminosos são presos e colocados em celas separadas. Eles devem escolher a opção que mais lhes favoreça. Propõe-se um acordo: se um deles confessar, estará livre, mas o outro pegará dez anos de cadeia. Se nenhum dos dois confessar, ambos ficarão presos por cinco anos. Se os dois confessarem, ficarão presos por oito anos. O dilema é que a melhor opção para um dos suspeitos pode ter consequências bem diferentes para os dois. E se mantiverem o silêncio, o destino será o mesmo para ambos.
É a essência da própria vida, frente as escolhas que fazemos.

Texto: dr Wanderley

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui