Início NOTÍCIAS Fazendeiro de Brotas acusado de maus-tratos contra mais de mil búfalas é...

Fazendeiro de Brotas acusado de maus-tratos contra mais de mil búfalas é preso no litoral de SP

173
0

A Divisão de Capturas da Polícia Civil prendeu, na tarde desta quinta-feira (27), o pecuarista Luiz Augusto Pinheiro de Souza, acusado de deixar em situação de maus-tratos, sem água e comida, mais de mil búfalas na fazenda Água Sumida, em Brotas (SP).

Souza foi encontrado pela polícia em São Vicente, no litoral de São Paulo, quando saía de um mercado. Ele era considerado foragido da Justiça e sua prisão foi decretada em dezembro de 2021. A polícia não informou o local onde o fazendeiro será levado.

Procurado pelo g1, o advogado de defesa do fazendeiro disse que os motivos da prisão preventiva são absolutamente infundados, mas que aguarda e respeita a Justiça.

Ativistas comemoram prisão

Souza foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de maus-tratos, ameaça, falsificação de documentos e falsidade ideológica. Um segurança da fazenda foi preso no dia 21 de dezembro do ano passado.

Pelas redes sociais, ativistas e voluntários que atuam nos cuidados com as búfalas comemoraram a prisão do fazendeiro.

Em novembro de 2021, após denúncias, a Polícia Ambiental encontrou mais de mil búfalas em situação de abandono em uma fazenda de Brotas.

De acordo com a polícia, os animais estavam em péssimas condições, sem comida e água. Pelo menos 22 deles já estavam mortos.

Souza chegou a ser multado em mais de R$ 4 milhões e foi preso por maus-tratos, entretanto, saiu da cadeia após pagar fiança.

Voluntários e recuperação dos animais

Voluntários se mobilizaram para cuidar dos animais e, liderados por Alex Parente, da ONG Amor e Respeito Animal (ARA), começaram a trabalhar na recuperação dos bubalinos, além de travar uma briga judicial pela tutela do rebanho que foi doado à ONG no dia 20 de janeiro.

Entretanto, apesar do trabalho desenvolvido pelos voluntários, o tempo de recuperação dos animais deve durar cerca de 2 anos. E, segundo o laudo da perícia elaborado por peritos da Universidade de São Paulo (USP) e Universidade Estadual Paulista (Unesp), muitos deles jamais conseguirão voltar à normalidade.

Fonte: Globo.com//// Foto: Polícia Ambiental/Divulgação

Programa Mundo Animal ano XXII na rádio Mares do Sul FM 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www. mundoanimalmaceio.com.br)

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Comissão de Bem Estar Animal da OAS (AL) presidente dra Adriana Alves

@defesaanimalemacao ( 82 98778 0221 )

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  #colacomagente #andrebocao #marechaldeodoro

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui