Início NOTÍCIAS Homem é acusado de atirar em cachorro na cabeça antes de abandoná-lo...

Homem é acusado de atirar em cachorro na cabeça antes de abandoná-lo em uma floresta

79
0

Alan Jesse Dwyer, de Rumford, foi acusado e indiciado por supostamente atirar e abandonar um cachorro na floresta em dezembro. De acordo com o oficial do controle de animais de East Providence, William Muggle, um viajante encontrou o cachorro ferido chorando incapaz de se mover perto da água no Turner Reservoir Loop. Oficiais de East Providence transportaram o cão para uma clínica veterinária de emergência, onde foi confirmado que o cão sofreu um ferimento de bala na cabeça.

Um microchip não registrado levou a polícia até Dwyer, o tutor do beagle.

Dwyer também foi preso em 3 de dezembro por uma acusação de agressão doméstica, resultando na apreensão de suas armas de fogo.

Em 17 de dezembro, um mandado foi emitido para Dwyer pelas seguintes acusações criminais:

  • Excesso de trabalho, maus-tratos ou falha na alimentação dos animais, resultando em morte
  • Crueldade desnecessária – morte resultante
  • Lesão maliciosa ou morte de animais
  • Abandono de animais – morte resultante

Dwyer também foi acusado de contravenção por abandono de animais doentes.

Ele deve retornar ao tribunal em abril.

Foto providenciada pelo controle de animais de East Providence.

Por Joseph Richard / Tradução de Bruno Fontanive

Fonte: ABC6 News 

 

Programa Mundo Animal ano XXII na rádio Mares do Sul FM 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www. mundoanimalmaceio.com.br)

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Comissão de Bem Estar Animal da OAS (AL) presidente dra Adriana Alves

@defesaanimalemacao ( 82 98778 0221 )

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  #colacomagente #andrebocao #marechaldeodoro

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui