Início NOTÍCIAS Cachorro é atacado por vizinho em Belo Horizonte (MG) e fica cego

Cachorro é atacado por vizinho em Belo Horizonte (MG) e fica cego

81
0

Crédito: Videopress/Reprodução/Redes Sociais@O Tempo

Um cachorro ficou cego de um olho ao ser atacado por vizinho em Belo Horizonte. A tutora do animal, uma faxineira e garota de programa chamada Lara da Silva Costa, denunciou o caso de maus-tratos contra Xuxa, seu cachorro. As informações são de O Tempo.

Segundo relato de Lara, no último dia 22, ela foi surpreendida por gritos do cachorro. “Meu vizinho pegou a vassoura na porta da minha casa e bateu no meu cachorro. Isso é ruindade, maldade, nem pedido de desculpas ele fez. Ele usou minha vassoura e a força foi tanta que quebrou”, explicou.

Ela contou que sua outra cachorrinha chamada Madonna também foi agredida, mas não teve ferimentos. “Tomara que diminua, de alguma forma, maus-tratos a animais, porque isso é um crime e que as pessoas tenham consciência disso”, diz.

Segundo a reportagem de O Tempo, o homem de 46 anos assumiu a violência, mas disse estar apenas tentando afastar o animal. Os vizinho dividem o mesmo lote e os cães não estavam isolados por nenhum tipo de portão ou cercado. Segundo Lara, a divisória será providenciada. A dona do animal pontuou que o ataque também se trata de um resultado da transfobia que sofre, pois segundo ela, são ditas muitas piadas em relação à sua identidade.

A Polícia Militar de Minas Gerais fez registro da ocorrência e orientou o agressor em relação à conduta de maus-tratos contra o animal. Também será apurado se houve excesso na conduta do homem devido grau da lesão no cachorro.

Segundo informa o Tenente David Nazareth do Comando de Policiamento de Meio Ambiente da Policia Militar de Minas Gerais, é crime praticar abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais. “Conforme previsto no artigo 31 da Lei dos Crimes Ambientais, inclusive, em 2020, através da Lei Sansão – que ficou conhecida para quem maltratar cães e gatos – foi aumentada três meses a um ano, para dois a cinco anos de reclusão. Um aumento muito significativo”, destaca.

Se ocorrer a morte do animal em razão da conduta criminosa do autor, a pena será aumentada é de um sexto a um terço. “Isso quer dizer que durante uma fiscalização da PM, a pessoa que for surpreendida praticando maus tratos será presa em flagrante delito e perderá a guarda do animal”, conclui. Além da prisão também existe previsão de aplicação de multas na esfera penal e administrativa.

Fonte: Revista ISTOÉ 

 

Programa Mundo Animal ano XXII na rádio Mares do Sul FM 87,9 de Marechal Deodoro Alagoas  das oito as nove aos sábados.( está no aplicativo rádios net  e no www. mundoanimalmaceio.com.br)

NÃO COMPRE…….ADOTE… NÃO SE COMPRA UM AMIGO.

Comissão de Bem Estar Animal da OAS (AL) presidente dra Adriana Alves

Clinshopmaceio  (82 ) 9675 8715

@defesaanimalemacao ( 82 ) 98778 0221

Colaboradores do  programa Mundo Animal ano XXII :

Vereador por Marechal Deodoro  ANDRÉ BOCÃO – gente da gente –  #colacomagente #andrebocao #marechaldeodoro

Consultório veterinário dr Marcelo Lins   99981 5415

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui