Início DESTAQUES Gansos tem a cabeça arrancada por competidores de barco em festival espanhol

Gansos tem a cabeça arrancada por competidores de barco em festival espanhol

452
0

Conhecido como “Dia do Ganso” o evento cruel envolve a morte de várias aves que são amarradas de cabeça para baixo em cordas no porto da cidade, o time que arrancar mais cabeças vence a competição.

Clicar sobre a imagem para editar ou atualizar.

Remover imagem destacada

Foto: Naharnet/Reprodução

Batizado de “Antzar Enguna” ou “Day of the Geese” (Dia do Ganso) o festival de decapitação de gansos é realizado há 300 anos é o maior evento da cidade basca de Lekeitio, na Espanha.

Todos os anos, homens saem em barcos e remam sob as aves aquáticas, previamente untadas com óleo, que ficam suspensas em cordas, os competidores então tentam agarrá-las e arrancar suas cabeças.

Para tornar as coisas mais difíceis, os espectadores de ambos os lados do porto podem esticar as cordas e deixá-las frouxas, lançando assim qualquer ganso no ar ou afundando-o na baía.

O objetivo da comemoração que se iniciou dia 5 de setembro é pegar o ganso, segurar até o pescoço quebrar-se e a cabeça da ave ser removida.

O turno dura até o competidor cair e o time que for mais rápido a decapitar o ganso e decapitar mais gansos vence.

Empates são decididos por uma corrida de barco pelo porto.

Todos os anos, milhares de habitantes de Lekeitio participam das festividades vestindo a tradicional camisa azul e o lenço de pescoço.

O dia termina com música e performances de rua.

Historicamente, um pássaro vivo era usado, mas, após pressão do público, o animal agora deve estar morto antes de ser amarrado.

No entanto, grupos que atuam em defesa dos direitos animais condenam a prática e pedem o seu fim, pois trata a morte de um animal como forma de diversão prática desumana e cruel.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui