Início NOTÍCIAS Orangotango declarada sujeito não humano na Argentina embarca para os EUA

Orangotango declarada sujeito não humano na Argentina embarca para os EUA

319
0

Clicar sobre a imagem para editar ou atualizar.

Remover imagem destacada

Uma orangotango fêmea, considerada pela justiça argentina como sujeito não humano, foi embarcada na quinta-feira (26) em um avião comercial rumo a uma reserva dos Estados Unidos para superar uma depressão, informaram fontes judiciais.

Após uma vida em cativeiro, Sandra, como é chamada, vai viver em um santuário para macacos em Wauchula, na Flórida, onde vivem vários orangotangos resgatados de vários países, provenientes de circos e zoológicos.

Nascida em 1986 num zoológico da Alemanha, Sandra foi levada para a capital argentina em 1994. Em 2015, despertou interesse internacional quando uma entidade de proteção dos animais entrou com um processo para libertá-la do zoo de Buenos Aires, onde vivia em depressão.

Um tribunal analisou o caso e a considerou “sujeito não humano, com direito à liberdade”, levando em consideração seu delicado estado de saúde.

Sandra embarcou para os Estados Unidos acompanhada de veterinários para garantir todos os cuidados.

Fonte e foto: AFP via Zero Hora

Nota do Olhar Animal: Apesar dos apelos para que Sandra fosse trazida para um dos dois santuários no Brasil aptos a recebê-la, a orangotango Sandra foi embarcada com destino ao santuário nos EUA, um local que, segundo o Secretário Geral do Projeto dos Grandes Primatas (GAP) no Brasil, Dr. Pedro A. Ynterian, “não possui árvores em nenhum recinto, são cúpulas metálicas, túneis e passagens metálicas para se comunicar”.  Afirma ainda Ynterian “que existem interesses não técnicos” para que Sandra seja enviada para a Flórida.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui