Início NOTÍCIAS AGU derruba liminar que proibia que jumentos fossem mortos para exportação de...

AGU derruba liminar que proibia que jumentos fossem mortos para exportação de carne Por Mariana Dandara

261
0

A Advocacia-Geral da União (AGU) conseguiu no Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1) a derrubada de uma liminar que proibia que jumentos fossem mortos na Bahia para que a carne deles fosse exportada.

Clicar sobre a imagem para editar ou atualizar.

Remover imagem destacada

Reprodução/Pixabay/evandropix

A liminar foi concedida em resposta a um pedido de ONGs de proteção animal que denunciaram casos de maus-tratos a jumentos em um frigorífico de Itapetinga, na Bahia.

A AGU afirmou ainda que os frigoríficos são acompanhados pelo Serviço de Inspeção Federal (SIF) permanentemente e que não há provas de que as imagens que revelam maus-tratos contra jumentos foram feitas em frigoríficos legalizados.

Fonte: anda.jor.br

Nota da Redação: o sofrimento animal é frequentemente negado pelos órgãos do poder público. Sabe-se, porém, que é impossível explorar e matar animais sem condená-los a agonia, medo e dor. Estudos comprovam que os mamíferos possuem consciência e, portanto, sofrem. Enquanto pintinhos são triturados vivos, porcas vivem presas a celas gestacionais, e animais de várias espécies assistem seus iguais serem mortos e, em desespero, também são mortos em seguida, o poder público insiste em afirmar, de maneira descabida, que não há sofrimento, usando isso para perpetuar a exploração e a matança de animais inocentes, como os jumentos.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui