Início NOTÍCIAS Filmagem mostra perus sendo depenados vivos em fazenda de criação

Filmagem mostra perus sendo depenados vivos em fazenda de criação

223
0

Por

Eliane Arakaki, ANDA

Galinhas escaldadas vivas em tanques de água fervente, perus tendo os pescoços cortados de forma violenta e deixados para sangrar, sujeira e crueldade imperam nas fazendas de criação de aves para consumo.

Foto: Animal Justice Project/SWNS

Perus criados em uma fazenda comercial de operação em larga escala têm suas penas arrancadas, em um processo doloroso enquanto ainda vivos e galinhas são colocadas em um tanque com temperatura escaldante, enquanto ainda batem as asas e lutam por suas vidas, de acordo com uma investigação secreta.

Filmagens de câmeras ocultas expõem a maneira cruel e criminosa em que os animais são mortos dentro da premiada Fazenda Pastures, no condado de Northamptonshire (Inglaterra) dizem os ativistas.

As imagens mostram ainda perus ainda se debatendo enquanto tem seus pescoços arrancados quase imediatamente após suas gargantas serem cortadas. Galinhas gritam de dor ao serem colocadas em um tanque escaldante, completamente conscientes, de acordo com os ativistas.

Galinhas-d’angola também parecem estar vivas nas imagens enquanto suas penas são arrancadas antes que suas gargantas sejam cortadas. Os ativistas colocaram as câmeras na fazenda sem se apresentarem como funcionários, disseram eles.

O grupo de defesa animal já encaminhou suas descobertas à Agência de Saúde Animal e Vegetal (APHA) do país. As regras publicadas no site da Department for Environment, Food and Rural Affairs ou Defra (Departamento de Meio ambiente, Alimentos e Assuntos Rurais) afirmam que os estabelecimentos correm o risco de perder sua “licença de funcionamento” se forem acusados de crueldade animal.

Infelizmente a comercialização de animais como produtos é permitida no país e desta forma não há como impedir essas atividades absurdas que causam sofrimento extremo a esses seres sencientes. Porém as denúncias de crueldade animal podem resultar em alguma melhora para esses animais reféns da ambição humana.

O grupo de defesa dos direitos animais, Animal Justice Project (Projeto Justiça Animal), disse que as filmagens deveriam convencer as famílias a optar por um “Natal compassivo à base de vegetais”.

Claire Palmer, porta-voz do Animal Justice Project, disse: “Essa é a face horrível e real da chamada criação de perus e aves para consumo – depenamento de animais vivos, um chão imundo e ensopado de sangue e a escaldagem de aves vivas e desesperadas. “Estas empresas vendem animais como se fossem objetos, tiram suas vidas e se apresentam como tendo altos padrões, mas a realidade é muito, muito diferente”.

m uma ironia óbvia, a fazenda, que foi vice-campeã nos prêmios de alimentos e bebidas de Northamptonshire 2018-19, declara em seu site: “Na Fazenda Pastures, produzimos aves de alta qualidade. Criamos nossos pássaros ao ar livre na fazenda, aproveitando a liberdade na grama em um ambiente natural e nossas aves de celeiro têm palha seca e limpa diariamente, com muito espaço. Todo o nosso processamento e açougue é realizado na fazenda em nosso ambiente de 5 estrelas em classificação de higiene, portanto, não há sujeira no local”. As informações são do METRO UK.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui