Início DESTAQUES Mulher afoga cachorro na banheira e alega que o animal “latia muito”

Mulher afoga cachorro na banheira e alega que o animal “latia muito”

240
0

 

Por

Giovanna de Castro

Crueldade

Clicar sobre a imagem para editar ou atualizar.

Remover imagem destacada

Chiemsee2016 /Pixabay

Um trabalhador de manutenção fazia reparos na casa da mulher quando a viu tirar o labrador do canil e levá-lo ao banheiro.

Os cães latem, assim como os humanos falam. Latir é a forma de comunicação e expressão de um cachorro, no entanto, devido ao fato de algumas pessoas não compreenderem isso, acabam cortando as cordas vocais desses animais. Contudo, recentemente, uma mulher, no dia 5 de novembro de 2019, na Flórida, nos Estados Unidos, decidiu ir mais longe: enquanto seu cachorro latia, ela resolveu afogá-lo e matá-lo.

De acordo com o site One Green Planet do dia 31, um trabalhador de manutenção fazia reparos na casa de Margaret Kinsella (43), quando viu a mulher tirar o labrador do canil e levá-lo ao banheiro.

Logo após, ele disse que a mulher fechou a porta e ele ouviu os gritos do cachorro vindos do banheiro. Ele perguntou se ela estava bem e se precisava de ajuda, mas ela disse que não e ele ouviu mais gritos. Foi quando ele decidiu abrir a porta, encontrando o cachorro flutuando na banheira.

Ainda de acordo com informações do site, Margaret foi presa. Ela alegou ter tido um ano muito difícil em que perdeu o marido e o pai, justificando o assassinato do cachorro.

Em depoimento, ela disse à polícia que estava frustrada porque o cachorro latia demais e a havia mordido. A mulher foi acusada de crueldade animal agravada, crime de terceiro grau.

Fonte: anda.jor.br

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui