Início NOTÍCIAS Cãozinho entra em ambulância para acompanhar tutor

Cãozinho entra em ambulância para acompanhar tutor

211
0

Clicar sobre a imagem para editar ou atualizar.

Remover imagem destacada

Reprodução | G1

A fidelidade e amor de um cãozinho surpreenderam bombeiros que foram acionados para resgatar um homem em situação de rua chamado Josiel no estacionamento do Fórum de Sobradinho, no Distrito Federal. Enquanto realizavam o atendimento inicial, notaram que o cachorro tutelado pelo homem estava “extremamente preocupado”. O caso aconteceu ontem (26).

Após ver seu tutor ser colocado em uma maca e transportado para dentro de uma ambulância, o cãozinho não pensou duas vezes e imediatamente entrou e se acomodou ao lado de seu guardião. Os socorristas sabiam que a entrada de animais é proibida, mas consideraram que o resgate seria realizado de forma mais eficiente com a presença do “melhor amigo” de Josiel.

Assim que chegou ao hospital, o cachorro também tentou entrar na unidade de saúde, mas lá, infelizmente, foi barrado. No entanto, ele ficou do lado de fora do hospital esperando seu companheiro ter alta. O episódio foi divulgado pela equipe de socorristas como exemplo de amor e lealdade. Ainda não há informações se o tutor do cachorro foi liberado, mas temos que certeza que seu amigo de quatro patas não cansará de esperá-lo não importa quanto tempo demore.

Segundo caso este ano

Um cachorro entrou em uma ambulância para acompanhar seu tutor em Poços de Caldas (MG) no dia 13 de janeiro deste ano. A cena viralizou nas redes sociais e comoveu os internautas.O homem estava saindo em uma maca do Hospital Santa Lúcia para ser levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade.

Ele havia sido internado na UPA e estava no hospital para ser submetido a um exame.De acordo com o Samu, o cachorro entrou na ambulância na ida e na volta e, ao chegar no Hospital Santa Lúcia, teve que ser colocado numa sala separada para que não seguisse o tutor dentro da unidade de saúde.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui