Início NOTÍCIAS Gatinho morre após ser baleado em Boituva (SP)

Gatinho morre após ser baleado em Boituva (SP)

183
0

Foto: Arquivo Pessoal

Um gatinho morreu após ter sido alvejado com um tiro enquanto estava deitado no muro da casa onde vivia, no bairro Jardim Oreana, em Boituva, no interior de São Paulo.

A tutora do animal o escutou gritar e foi ao encontro dele, que agonizava. Ela notou que ele estava ferido nas costas e o levou imediatamente ao veterinário.

O gato recebeu os primeiros-socorros, mas, infelizmente, não sobreviveu. Um raio-X mostrou um projétil alojado no corpo do animal.

O caso foi registrado na Polícia Civil e está sob investigação. Até o momento não há suspeitos. O crime de maus-tratos ocorreu no último domingo (01).

Crime

No Brasil, crimes contra animais estão previstos na lei 9.605 de 1998. Uma vez acusado, o responsável pode ser punido com multa e até um ano de detenção. No entanto, em uma entrevista à Agência de Notícias de Direitos Animais, o advogado criminalista e consultor da ANDA Sérgio Tarcha explica que existe um novo projeto que torna a pena de crimes de maus-tratos mais rigorosa.

Segundo Tarcha, apesar de trazer avanços, crimes contra animais ainda não são vistos com gravidade pela Justiça. “A pena, hoje, é de 3 meses a 1 ano de detenção, ou seja, é nada. A lei que regula a matéria é a lei de crimes ambientais, 9.605/98, a nova lei, 11.210/18, que já foi aprovada pelo senado eleva para 1 a 4 anos de detenção, mais a multa. Ainda continua muito branda a legislação, em outros países é muito mais severo”, disse.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui