Início NOTÍCIAS Dogue alemão considerado o maior cão do mundo morre na Inglaterra

Dogue alemão considerado o maior cão do mundo morre na Inglaterra

282
0

(Foto: Reprodução/Instagram/Arquivo Pessoal)

Freddy, o dogue alemão que em 2016 foi reconhecido pelo Guinness Book como o maior cachorro do mundo, morreu na última quarta-feira (27).

A tutora do animal fez uma homenagem para ele nas redes sociais. “Ele era o meu mundo”, escreveu Claire Stoneman na publicação. Freddy tinha oito anos de idade e morava na Inglaterra.

O dogue alemão media 1,035 metro e, quando ficava em pé sobre as patas traseiras, alcançava 2,26 metros. Segundo sua tutora, ele era bastante dócil e carinhoso.

Dias antes da morte, Claire publicou uma foto do cachorro passeando na neve. Na legenda, ela relatou que as patas traseiras de Freddy não estavam boas e que, por isso, ele escorregava bastante.

Em maio, quando o cachorro fez aniversário, internautas questionaram se, além de ter sido considerado o cão mais alto do mundo, ele também não seria o mais velho da raça. No entanto, além do Guinness Book informar à Fox News que o livro não registrava cães vivos que fossem mais velhos do mundo, comentários feitos nas redes sociais de Freddy indicaram a possibilidade do cão não ser o mais velho da raça.

Em fotos do aniversário do cachorro, internautas relataram tutelar cães da raça mais velhos que Freddy. “Nosso dogue alemão Gracie vai fazer 13 anos em 9 de setembro”, dizia um dos comentários. A existência de cães da raça com 11 e 14 anos também foi comentada na postagem.

O último cachorro que recebeu o título de maior do mundo foi Zeus. O cão, que morava no Michigan, nos Estados Unidos, mediu 1,118 metro em 2011. Aos cinco anos de idade, Zeus morreu em 2014.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui