Início DESTAQUES Cães ‘trêmulos’ abandonados e que ninguém queria adotar são salvos por mulher

Cães ‘trêmulos’ abandonados e que ninguém queria adotar são salvos por mulher

157
0

Por Ana Caroline Haubert

Mesmo com todas as particularidades que os animais possuem, no fundo, todos querem a mesma coisa: amar e ser amados. Seria essa uma necessidade diferente da que os humanos possuem? Creio que não.

Por que, então, é tão difícil para os cães abandonados serem adotados? São muitos os questionamentos, mas pessoas como Christie Kasko, que são capazes de lutar pela vida e o bem-estar dos animais, mesmo quando esses possuem alguma deficiência física, nos mostra como ainda há muitas coisas boas acontecendo por aí.

Christie, que vive em Orange, Texas, EUA, é especialista em adoção e acabou auxiliando no resgate de uma cadela faminta que havia dado à luz oito filhotes, em uma casa abandonada. Apesar das condições deploráveis que os animais se encontravam, o que mais preocupava os socorristas, eram dois dos bebês que não paravam de tremer nem por um segundo.

Ao investigar o caso dos filhotes através de consultas no veterinário, descobriu-se que eles possuíam uma doença crônica chamada hipoplasia cerebelar, que afeta os cerebelos causando tremores quando se movimentam, mas não permite que eles sintam dor.

Seria, portanto, um enorme desafio encontrar famílias para esses dois irmãos, o que de fato, não aconteceu, pois, profundamente envolvida com a situação dos filhotes, Christie decidiu adotá-los.

A mãe e os demais irmãos, livres da condição, também ganharam novos lares. Foram muitos os desafios enfrentados pelos cães, mas com a paciência, o amor e a insistência em oferecer qualidade de vida a Trimble e Twitch, tudo foi se ajeitando.

Auxiliar na hora de comer, estimular movimentos mais controlados, oferecer uma cadeira com rodas, foram pequenas adaptações que Christie e seu marido fizeram no dia a dia, a fim de garantir uma vida feliz aos dois irmãos.

Apesar da condição de saúde, os dois permanecem juntos, apresentando melhoras significativas e o mais importante, com uma família que os ama e os protege.

Foto: Facebook / Trimble & Twitch)

Fonte: amomeupet.org

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui