Início DESTAQUES Coca-Cola anuncia plano de extermínio de raposas e afirma que animais supostamente...

Coca-Cola anuncia plano de extermínio de raposas e afirma que animais supostamente causaram danos à fábrica

574
0

Bruna Araújo | Redação ANDA

Foto: Reprodução | Google Imagens

A Coca-Cola anunciou recentemente que raposas estariam supostamente danificando a fábrica da empresa em Londres e um plano de extermínio aos animais seria executado o quanto antes. Após uma enxurrada de críticas e ameaças de processo de danos à vida selvagem, a Coca-Cola recuou e afirmou que cancelará a política. No entanto, não há informações sobre quantas raposas foram mortas antes do anuncio de cancelamento.

Um porta-voz da Coca-Cola pediu desculpas em nome da empresa e afirma que ouvirá especialistas sobre formas de evitar novos conflitos com animais selvagens e prometeu que nunca mais adotará políticas de extermínios de animais. Ele disse ainda que a ideia não era matar uma grande quantidade de animais como foi divulgado e que os problemas da fábrica londrina teriam sido causados apenas por uma raposa.

Na Inglaterra, infelizmente, matar raposas não é crime, desde que você justifique o ato, o que é apenas uma formalidade em um país onde a caça de raposas é tradicional. A única exigência é que o animal seja “morto de forma humanitária”. Caso estes animais migrem para áreas urbanas, também podem ser mortas, inclusive com disparos de arma de fogo, por motivos de “segurança pública”.

Ativistas em defesa dos direitos animais criticam duramente que a Coca-Cola tenha esperado uma repercussão negativa para tomar a decisão correta e pedem o boicote da empresa. Internautas afirmam que é inaceitável que em 2021 empresas optem com ações bárbaras e medievais contra os animais que já sofrem com a destruição dos seus hábitats, a falta de alimento e a ação humana.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui