Início DESTAQUES Luisa Mell recorda paixão de Chorão por gatos e seu apoio à...

Luisa Mell recorda paixão de Chorão por gatos e seu apoio à causa animal

78
0

Por Ana Carolina Câmara

(Foto: Reprodução Instagram/@ luisamell)

Na última quinta-feira, 17, Luisa Mell, publicou em seu Instagram um vídeo da entrevista que fez com Alexandre Magno Abrão, mais conhecido por Chorão, famoso cantor, compositor, skatista e co-fundador da banda Charlie Brown Jr, que veio a falecer em 2013, aos 42 anos. A bela recordação levou seus seguidores a se emocionarem pelo amor que o rapaz tinha pelos animais, em especial os gatinhos.

O bom dos vídeos e fotos é que lembranças são eternizadas, podendo ser rememoradas em qualquer época. E Luisa Mell trouxe a memória de seus seguidores a entrevista que fez com Chorão na época em que apresentava o Late Show – programa de televisão sobre o mundo animal apresentado aos domingos na Rede TV.

Na época, Luisa foi a Santos, São Paulo, na pista de skate do cantor para entrevistá-lo. Durante o bate-papo, a ativista pode aproveitar a pista e se aventurar na prática do esporte, revelando seu lado skatista. E mais, teve a oportunidade de pedir a Chorão que cantasse a famosa música da banda: ‘Ela Vai Voltar (Todos Os Defeitos De Uma Mulher Perfeita)’.

Chorão revelou durante a conversa que resgatou dois gatos das ruas. Um encontrou próximo a uma pista de skate em São Caetano e o outro estava enroscado em uma árvore. E afirmou que os felinos eram a alegria da sua vida e da casa.

“O bicho não te julga, ele tá do teu lado, tá entendendo? Ele te vê como a salvação, uma pessoa da vida dele […]”, declara Chorão na entrevista.

Inclusive, um dos últimos registros fotográficos do cantor, compartilhado em 2013 por sua prima e apresentadora, Sonia Abrão, é uma foto do cantor ao lado de outro gatinho que ele amou, seu gato Comandante. O pet foi resgatado das ruas pelo cantor.

“Como “despedida”, deixo aqui a foto de “alguém” que ele amava imensamente: seu gato, que encontrou na rua, e chamava de Comandante! O bichinho morreu antes dele, mas se se existir rua no céu, o encontro vai acontecer novamente” – declarou Sonia em uma publicação um pouco mais de um mês após a perda do primo.

O vídeo da entrevista de Luisa com Chorão recebeu a seguinte legenda:

“Apesar do jeitão meio rebelde, ele sempre teve um enorme coração. Resgatava animais de rua, apoiava meu trabalho e deixou muita saudade”.

A publicação obteve milhares de visualizações e comentários de internautas nostálgicos com a lembrança.

“Dois seres de luz!”, aplaudiu uma.

“Ele tinha um bom coração!”, saudou outra.

“Dois ícones”, aplaudiu uma terceira.

Fazer o bem durante a vida é permitir que as pessoas tenham boas lembranças de você após a morte. Seja uma pessoa iluminada e ajude quem precisa, independente se for pessoa ou animal.

Fonte: amomeupet.org

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui