Início NOTÍCIAS Tigres são obrigados a passear com turistas usando guia e coleira em...

Tigres são obrigados a passear com turistas usando guia e coleira em zoo

43
0

Bruna Araújo | Redação ANDA

Foto: Reprodução | One Green Planet

Zoológicos de beira de estrada, felizmente, não são uma realidade no Brasil, mas são extremamente populares em outros países, principalmente nos Estados Unidos. Esses locais funcionam das formas mais precárias possíveis e desobedecem todas as regras de bem-estar animal. Lá, animais interagem livremente com visitantes.

Um registro feito por uma organização em defesa dos direitos animais mostra filhotes de tigres sendo levados para “passear” por turistas presos a uma coleira e uma guia, como se fossem cães. A triste realidade por trás dessas cenas é que esses filhotes nasceram em cativeiro, foram separados de suas mães e estão ali, aprisionados, abusados, apenas para o entretenimento humanos.

Eles sofrem toda uma vida de escravidão apenas para que os visitantes tenham alguns instantes de lazer e divertimento. Esses locais são instalados convenientemente na beira das estradas para que pessoas que passem distraidamente de carro se sintam estimuladas a estacionar e entrar. É quase como incentivar uma compra por consumo.

Tudo é permitido, pois não há fiscalização. Você pode alimentar os animais, tocá-los, vê-los realizando performances, tirar fotos e, como dito acima, levá-los para “passear”. Zoos de beira de estrada estão entre os piores locais de abuso animal do mundo. Eles abrigam espécies oriundas do tráfico de animais e estimulam maus-tratos e exploração.

Esses locais sequer são legalizados ou credenciados pela Associação de Zoológicos e Aquários (AZA). Muitos deles só são descobertos após denúncias. Em muitos zoos de beira de estrada fechados foram encontrados ursos acorrentados, grandes felinos sedados e programas de reprodução “caseira”, para o nascimento de cada vez mais filhotes para serem abusados.

Uma investigação recente feira pela organização Humane Society dos Estados Unidos em dois zoos de beira de estrada mostram filhotes sendo forçados a brincar e tirar fotos com turistas. Quando os animais não cooperavam, eles eram espancados e sacudidos violentamente. Também havia muitos animais doentes, desnutridos e repletos de parasitas.

A única forma de dar fim a essa prática é para de frequentar esse tipo de local. Sem demanda, não há lucro e esses zoos simplesmente deixarão de existir. Compartilhe, boicote e denuncie.

Fonte: anda.jor.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui